IPN Incubadora Rua Pedro Nunes, 3030-199 Coimbra

Escreve-se com z ou com s? 4 palavras homófonas que enganam

Traz ou trás? Cozer ou coser? Prezo ou preso? Nós ou noz? Aquando da revisão de transcrições de ficheiros de áudio deparamo-nos frequentemente com palavras erradas devido à dúvida “escreve-se com z ou com s?”.

Conseguimos perceber os motivos desta dúvida. Em palavras homófonas (possuem o mesmo som, mas grafias diferentes) programas de edição de texto como o word não detetam o erro. E consequentemente, pode ser difícil – sobretudo numa tarefa tão exigente como a transcrição – discernir qual a letra a usar na resposta à pergunta escreve-se com z ou com s?

No entanto, é importante perceber que o erro está lá, é grave e temos de o anotar. Sobretudo quando escrevemos de forma profissional.

Leia Também  Novo Acordo Ortográfico - o resumo dos resumos

 

1. Trás ou traz

Infelizmente este erro é mais frequente do que gostaríamos e, não raras vezes, temos revisores à beira de um ataque de nervos: Afinal escreve-se com Z ou com S?

Atente nas seguintes frases:

  • Ela trás/traz (?) pão com queijo para o lanche.
  • Ele olhou para traz/trás (?), não viu o poste e tropeçou.

Qual das palavras está correta? Se for um leitor assíduo (a leitura é a mãe que evita todos os erros) rapidamente sabe qual é qual. No entanto, nem toda a gente tem a mesma facilidade.

Trás

Trás, com s e acento agudo no a é um advérbio. Significa que algo está na parte posterior ou traseira.

Tem como sinónimos atrás, detrás, por trás.

Vem sempre seguido de uma preposição, normalmente “de” ou “para”, formando assim uma locução adverbial.

Esta palavra é ainda frequentemente utilizada na locução prepositiva “por trás de”, tendo a sua origem no étimo latino “trans”.

Traz

Já traz com “z” é uma forma verbal do verbo trazer. Conjuga-se na terceira pessoa do singular do presente do indicativo (ela traz o pão) e na segunda pessoa do singular do imperativo (traz tu).

Significa transportar, levar, conduzir, encaminhar, ocasionar, oferecer, etc.

 

Um truque para as distinguir e saber se se escreve com Z ou com S é substituir traz por um verbo relacionado. Por exemplo o verbo levar ou transportar.

Veja o exemplo das frases acima, com este truque:

  • Ela transporta/leva pão com queijo para o lanche.  – Faz sentido por isso usa-se o termo traz.
  • Ele olhou para transporta/leva, não viu o poste e tropeçou. – Não faz sentido. Usa-se o termo trás.
Leia Também  Escreve-se Rubrica ou Rúbrica? | Palavras graves, agudas e esdrúxulas

2. Cozer ou coser

Outro erro bastante comum, ainda que difícil de perdoar.

Repare nas frases seguintes:

  • Podes cozer/coser as batatas para o jantar?
  • Podes cozer/coser este botão das minhas calças?

E agora? Escreve-se com Z ou com S?

Coser

Coser, com s, é um verbo e significa:

  • Dar pontos de agulha em.
  • [Figurado] Chegar muito uma coisa a outra. = ENCOSTAR
  • Crivar, encher.
  • Consertar a própria roupa.
  • [Informal] Ficar, abotoar-se.
Cozer

Já cozer, com z, significa

  • Preparar ou ser preparado ao fogo ou ao calor. = COZINHAR
  • [Figurado] Digerir.
  • Perder ou fazer perder o viço.
  • .Aguentar, suportar.
  • Trabalhar como cozinheiro. = COZINHAR

Todas as palavras cognatas de cozer, isto é, que pertencem à mesma família, escrevem-se com a letra z: cozido, cozimento, cozinha, cozinhar, cozinheiro, etc.

cozer ou coser?

Em conclusão, nas frases acima, o correto é:

Podes cozer as batatas para o jantar?

Podes coser este botão das minhas calças?

 

3. Noz ou nós

Na verdade, avançamos já, nunca apanhamos este erro em nenhuma transcrição revista. No entanto, como é passível de troca, explicamos também a diferença.

Responda: É:

  • Noz fomos à praia e comemos uma nós; ou
  • Nós fomos à praia e comemos uma noz?

 

Nós

Com S e acento no O nós é um pronome pessoal da 1ª pessoa do plural (Exemplo: Nós falamos com ele ontem).

Pode também ser o plural de , nome que refere a ideia de laço apertado. (Exemplo: Atenção aos nós dos sapatos).

Logo, acima, a frase correta é “Nós fomos à praia e comemos uma noz”.

nós ou nozNoz

Noz, com Z, é um substantivo feminino e significa:

Fruto da nogueira.

Pequena porção, geralmente do tamanho desse fruto (ex.: noz de manteiga).

Saliência em que se entesa a corda do arco ou da besta.

Exemplo: “Na noite de Natal não podem faltar nozes”.

Leia Também  "Aspas" ou «Aspas»? Dicas sobre o seu uso

4. Prezo ou preso

Escreve-se com z ou com s?

  • Coitado, está prezo/preso. Foi apanhado em flagrante delito.
  • Prezo/preso muito a minha liberdade.
Preso

Preso, com S significa

  • Ligado, amarrado.
  • Recluso em cadeia.
  • [Figurado] Que não tem liberdade de ação.
  • [Figurado]
  • Impedido de fazer movimentos. = TOLHIDO

Exemplo: Coitado, está preso. Foi apanhado em flagrante delito.

 

Prezo

Já prezo, com Z, é a primeira 1ª pessoa do singular do presente do indicativo do verbo prezar.

Verbo transitivo

  1. Estimar muito.
  2. Ter em grande consideração. = RESPEITAR
  3. Ter como desejo. = ALMEJAR, DESEJAR

Verbo pronominal

  1. Estimar-se, respeitar-se, ter dignidade.
  2. Ter orgulho ou honra (ex.: a vila preza-se de tal conterrâneo).

Exemplo: Prezo muito a minha liberdade.

 

Tenha em atenção que no caso de preso com s o “e” pronuncia-se fechado (ê). Já a forma verbal tem o “e” aberto (é). E esse pode ser um truque simples na hora de escrever.

Para saber se se escreve com Z ou com S pergunte-se:

Digo préso ou prêso? E em decorrência da resposta use a forma correta.

 

Concluindo, a noção destas diferenças, assim como saber escrevê-las de forma correta é muito importante. Se trabalha com a escrita de forma profissional essa importância é essencial.

No âmbito de uma transcrição é normal (senão inevitável) a ocorrência de um ou outro lapso. É por isso que a revisão de cada trabalho é fundamental.

Na wescribe todos os trabalhos são revistos. Além disso, SE PRECISAR DE SERVIÇOS DE TRANSCRIÇÃO DE ÁUDIO SAIBA QUE:
  1. Cumprimos SEMPRE O PRAZO.
  2. Todos os trabalhos são revistos por um profissional diferente daquele que fez a transcrição.
  3. Asseguramos que mesmo após entrega do trabalho fazemos alterações, correções ou outro que entender por conveniente.
  4. A nossa transcrição é 100% humana.
  5. Fazemos um teste escrito, grátis até 3 minutos de transcrição, sem qualquer compromisso.
  6. Temos uma plataforma onde se pode registar e fazer upload dos ficheiros de áudio.
  7. Disponibilizamos a entrega dos ficheiros transcritos, ainda antes do prazo, à medida em que vão sendo transcritos.
CONTACTE-NOS POR E-MAIL OU, AINDA MAIS FÁCIL, REGISTE-SE NA NOSSA PLATAFORMA E PEÇA UM ORÇAMENTO SEM COMPROMISSO.

Até breve.

Deixe um comentário